terça-feira, 28 de julho de 2009

Lixo de programação

Quero aproveitar este espaço para declarar a minha tristeza e desagrado em relação aos programas da TV brasileira. Meu Deus, quanta porcaria. Na minha opinião as pessoas que criam os programas estão cada vez mais sem criatividade, sem inteligência e sem noção. O sensacionalismo, a apelação e a mesmisse proliferam por programas que nada acrescentam e muito menos divertem. Há muito tempo não ligo a televisão aos domingos para assistir alguma coisa, exceto futebol. O Faustão é irritante e insuportável, nem preciso comentar. O Silvio Santos já está gagá e fala um monte besteiras no ar. A maioria dos programas insiste em bolar aqueles encontros de gente que não se vê há anos ou de pessoas pobres ganhando coisas, que só servem para deixar o povo com dó. Bem, essa é a tática pela busca de audiência. Acho que seria muito melhor tentar ganhar o telespectador por outros caminhos, sem apelação. Pra mim é tudo armado e forçado e não dá prazer nenhum de ver. O Fantástico, que era um programa bom, inteligente, se resume a uma série de bobagens. Os quadros são fracos e é nítida a falta de assunto para fazer as matérias. Vi um pedaço da tal da Liga das Mulheres nesse último domingo e quase dormi... Que coisa chata, boba. Tenho certeza que um monte de gente vai concordar comigo. Meu pai concordou. Alíás, meu pai que sempre foi daqueles que sentam no sofá no domingo pra assistir ao Fantástico do começo ao fim, torce pra estar passando um filme bom no Telecine ou coisa assim no horário. Mas sem noção mesmo é o tal do Jogo Duro, que acabou no último domingo. É ridículo ficar vendo um monte de gente desesperada no meio de bichos horrorosos, em situações terríveis catando dinheiro. Que diversão se pode ter em assistir até que ponto pode ir à ganância do ser humano? Ver aqueles animais peçonhentos é nojento. O Paulhinho Vilhena como apresentador então... Agora o programa acabou para dar lugar ao No Limite, mais um Reality Show repetido, que mostra o povo sofrendo e falando um monte de bobagens. O Big Brother Brasil que o diga. Já deu o que tinha que dar. Não sei se são os participantes ou a mania que os produtores têm de inventar coisas novas que deixam o programa chato. Acho que são as duas coisas. Fiquei indignada com aquele quarto branco na última edição. O povo ficava lá dentro de castigo. Parecia aqueles quartos de sanatório. Que coisa horrível. Não sou daquelas pessoas que ficam criticando tudo que passa na TV. Eu até gostava do Big Brother, mas já cansou. Assim como a Ana Maria Braga e sua falta de educação, já cansou. Jô Soares já cansou. Malhação com seus atores e temas bobinhos, já cansou. Faustão e vídeo cassetadas, peloamordedeus, já cansou. Mulheres peladas, as com nome de fruta então, nunca rolou né? Novelas com os mesmos assuntos e temas também já cansou. De vez em quando assisto Caminho das Índias, e até gosto de algumas coisas. Mas é muito surreal. A ligação da Índia com o Brasil realmente não existe. Are Baba e mocinha chorona também cansa! Apesar do lixo de programação que temos no Brasil, ainda tem programas que salvam. A Grande Família é um exemplo. É gostoso de assistir e conta com ótimos atores no elenco, que sempre fazem o público rir com um humor sadio. Acho o CQC outro programa de humor que vale a pena ver. Comédia inteligente e crítica. Alguns amigos me disseram que a última minissérie da Globo, Som e Fúria também foi bem feita e interessante. Mas dá pra contar nos dedos os bons programas. Prefiro ler um bom livro. Sugiro aos meus leitores que façam o mesmo, ou peguem um bom filme. Mas se preferem mesmo ficar na frente da TV, que gastem um dinheiro a mais para assistir programas estrangeiros na TV fechada.

6 comentários:

  1. Alexandre Mendonça28 de julho de 2009 07:47

    Bom...já q o lance agora é criticar...vou criticar...mas de forma inteligente!..

    Parabens Camila, esta foi a melhor postagem deste blog...muito bem redigido e com uma tema bastante interessante...o tom critico "a la Arnaldo Jabor" me agrada profundamente...

    Concordo com tudo q foi dito, com uma pequena ressalva apenas... as mulheres nuas na TV me agradam bastante...haahahahaha

    espero q nao tenha cansado de mim...
    hahahaha..
    bjao minha linda!

    ResponderExcluir
  2. Sabe que tem hora que eu me sinto cansada assim também?
    Concordo plenamente com a decaida do fantástico!
    Antes era dificil sair de frente da televisão quando o Fantastico estava passando, hoje, eu procuro saber a hora que as reportagens melhorezinhas irão passar para que eu possa mudar para a globo!
    Mas dá pra ficar desesperada!!!
    hehehehehe
    bejo amiga!!

    ResponderExcluir
  3. Merda de site que come os comentários

    ResponderExcluir
  4. Merda de site que come os comentários

    ResponderExcluir
  5. Bom texto!

    exemplar!

    fof...fof...

    ResponderExcluir
  6. Òtimo comentário, realmente a programação nas ditas grandes tvs realmente é o supra-sumo do lixo, o substrato do pó do coco,ainda cito mais alguns aqui, O casseta e Planeta que detona as terças da Globo, não consigo rir,A praça é nossa, ai que saudade da velha surda e do Golias,do Nhô Moraes e da Vamércia a fofoqueira,isso sem falar na fazenda que coisa horrivel,tem razão depois que passei a ler fiquei mais esperto, e já lí bons livros e estou adorando, assisto á Canção NOva, que pelo menos não apela e tem uma programação voltada para a familia.

    ResponderExcluir